ilegra é parceira Advanced Consulting da Amazon

A ilegra tornou-se Advanced Consulting Partner da Amazon Web Services (AWS), a primeira empresa da Região Sul com esta certificação e uma das vinte no Brasil.

“A Amazon é um parceiro importante por atender uma série de questões técnicas em relação à evolução de toda a infraestrutura de TI. Por exemplo, hoje o cliente tem o mesmo poder de processamento de um data center, só que na nuvem. Nosso objetivo é entender cada vez mais o modelo e atingir o nível máximo de parceria”, diz Roger Muller, diretor de Alianças e SAP da ilegra.

Com ofertas de Infrastructure as a Service (IaaS) e Platform as a Service (PaaS), os serviços Amazon são aplicados nos principais projetos externos em que a ilegra atua com desenvolvimento e operações. Já se beneficiam destas soluções clientes como Icatu Seguros,  Rede Bourbon Hotéis & Resorts, Supply Tax Solution (STS), Vertis e Oncoprod. “Com estes cinco cases no mercado, mostramos que temos experiência, vendemos serviços Amazon, temos clientes e capacitações”, destaca Muller.

A nova categoria traz à ilegra benefícios como a indicação de clientes por parte da própria Amazon, a administração ativa por uma pessoa dentro da AWS que atende apenas estes parceiros no país e o acesso às novas tecnologias de software e hardware mais rapidamente, à medida que a Amazon as incorpora aos seus serviços. A empresa passa, ainda, a ter acesso a uma série de recursos e treinamentos que ajudarão seus clientes a implementar, executar e gerenciar aplicativos na nuvem Amazon Web Services.

A ilegra começou a usar a cloud da Amazon em seus projetos em 2013 e desde então aplica cada vez mais a solução em iniciativas internas e para clientes, obtendo maior agilidade e redução de custos. Com a oficialização da parceria para fornecer soluções de software hospedadas na plataforma AWS ou integradas a ela, em 2015, a ilegra definiu uma estratégia clara para criar, manter e monitorar todos os seus ambientes de desenvolvimento, Quality Assurance e laboratório de testes na plataforma. Como resultado, houve diminuição em 40% dos custos com infraestrutura interna de TI.