Metodologia Kanban agiliza o desenvolvimento de projetos

O Kanban é uma abordagem muito utilizada na indústria de produção, onde teve origem. Ele prepara processos para serem ativados de acordo com a demanda – característica que tem chamado a atenção também de outros segmentos em situações em que a demanda não é previsível e, portanto, não pode ser planejada com muita antecedência.

Essa metodologia tem feito bastante sentido no desenvolvimento de produtos e serviços de TI. Na área de sistemas, por exemplo, o Kanban começa a dividir espaço com a metodologia de implementações rápidas, Scrum, para obter mais assertividade na gestão de projetos. Ambas são metodologias ágeis, mas o Scrum tem regras, pois se trata de um framework para construir produtos a partir de processos empíricos, empregando uma abordagem iterativa e incremental para otimizar a previsibilidade e controlar riscos.

Já o Kanban vem sendo utilizado para projetos sem demanda prevista com muita antecedência, com o objetivo de eliminar filas e gargalos no processo. É uma metodologia Lean, que tem como filosofia uma estratégia de negócios para aumentar a satisfação dos clientes através da melhor utilização dos recursos, por isso, prega a produção enxuta, resultando em processos mais assertivos e eficientes.

Ao adotar esse método, a empresa começa a contar com processos mais rápidos e funcionais, e isso traz uma série de vantagens. Para quem executa o trabalho, ele ajuda na organização com um fluxo bem feito, assim como na comunicação visual, que é um dos princípios básicos do método, proporcionando a todos que participam do processo enxergar a situação real por meio de um quadro com vários itens visuais que permitem identificar rapidamente gargalos e pontos de intervenção que devem ser feitos.

Em empresas de serviço, o Kanban vem sendo utilizado principalmente em situações que envolvem o atendimento ao cliente: chamados e tratamentos de incidentes, assim como o desenvolvimento de novas demandas. Basicamente, ele tem se aplicado a situações em que há clientes que precisam de atendimento rápido e que não pode ser planejado com antecedência.

Para os clientes, o uso do Kanban garante mais agilidade no retorno, na entrega do produto e na redução de filas e gargalos no processo, fazendo com que esperem menos tempo e contem com um trabalho mais eficiente.

Por tudo isso, o Kanban vem crescendo muito e algumas empresas têm migrado parte de seus processos para esse método de trabalho. Mas o certo é que, a partir de agora, devemos nos acostumar cada vez mais com ele.

Fonte: CIO